domingo, 3 de setembro de 2017

Trilha do Pai Zé – Pico do Jaraguá

O “Senhor do Vale”




















Na Base do Parque há muitos espaços para conhecer. 
A lagoa...




A história... 


O Pico do Jaraguá é o ponto culminante da cidade de São Paulo, elevando-se a uma altitude de 1.135 metros e encontra-se a Oeste da Serra da Cantareira. Nos seus arredores foi criado o Parque Estadual do Jaraguá, para conservação da área.

As primeiras expedições na região ocorrem no final do séc. XVI, quando o então governador da província Martim Afonso de Souza, descobriu os primeiros indícios de ouro no Brasil, contribuindo para o inicio do ciclo do ouro na região do Jaraguá.
Porém somente após alguns anos o bandeirante Afonso Sardinha conseguiu se estabelecer no local e construir o Grande Casarão Bandeirista e o tanque de lavagem de ouro que ainda hoje existem como testemunho da exploração aurífera.
A profusão de ouro retirado das minas do Jaraguá rendeu-lhe o apelido de Peru-do-Brasil.
O ouro do Jaraguá foi explorado até o esgotamento, no século XIX. Os garimpeiros deixaram visíveis marcas de sulcos e escavações nas rochas do pico.
A exploração do ouro se estendeu até meados do século XIX, quando a atividade econômica principal passou a ser o cultivo do café, onde a estrada de ferro Santos-Jundiaí da antiga São Paulo Railwai instalou uma estação nas proximidades do local.
A partir daí, a fazenda Jaraguá passa por vários proprietários até 1940, quando foi adquirida pelo Governo do Estado de São Paulo.
Curiosidade: Jaraguá, em tupi-guarani, significa “senhor do vale”, mas há controvérsia entre os estudiosos e os próprios índios sobre o seu significado. A explicação mais comum é que seja “Senhor do Vale”. Pirituba também é uma contribuição do idioma indígena, e designa o tipo de vegetação que cresce em áreas de brejo. Também no sopé do Jaraguá, fica a casa – atualmente tombada - de Afonso Sardinha, onde ele morou até sua morte, em 1615. A exploração de ouro continuou até por volta de 1670, quando os filões começaram a se esgotar. Os mineiros que ali trabalhavam começaram a deixar a região, em geral em direção a Minas Gerais e Goiás.

Em 1946, a Prefeitura de São Paulo transformou o Pico do Jaraguá em ponto turístico da cidade. e em 1961, foi criado o Parque Estadual do Jaraguá, onde os visitantes podem conhecer as pias de lavagem manual do ouro ao lado das ruínas do grande casarão do próprio Afonso Sardinha.



O Parque Jaraguá tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico) em 1983.

Em 1994, o Parque Estadual do Jaraguá foi tombado pelo Patrimônio da Humanidade pela Unesco, passando a integrar a Zona Núcleo do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo, Reserva da Biosfera.
A casa de Afonso Sardinha...


Tanque de lavagem de ouro... 


As diversos tipos de arvores..... 


Bromélias de todos os tipos são vistas nas arvores... 








Subindo pela Trilha do Pais Zé. 

Trilha do Pais Zé é uma trilha praticamente de subida o tempo todo, com muita vegetação e fauna. Podemos observar muitos animais e insetos. 







vista panorâmica da cidade de São Paulo, a partir do Pico do Jaraguá…










Parque estadual do Jaraguá - Estacionamento
Inicio da Trilha do Pai Zé: 














Trilha do pai zé - parque estadual do jaraguá - Pico do Jaraguá

Trilha do pai zé - trecho final - Parque estadual do Jaraguá
Pq. Estadual do Jaraguá - trilha do Pai zé
trilha do pai zé - acesso ao pico do Jaraguá





Esse é o ponto do Fim da Trilha. 

No topo há diversas construções e há possibilidade de subir até a torre transmissão de ondas de rádios. 



IMG_1674



Escadas de acesso ao mirante da cidade de São Paulo, localizado ao pé da antena do Pico do Jaraguá
Lá de cima temos uma visão magnifica da cidade de São Paulo
vista do mirante do Pico do Jaraguá
Pq. estadual do Pico do Jaraguá - Floresta em detalhe
Percurso criado pelo Google Earth: 

 Trilha Pai zé até Pico do Jaraguá - Pq Estadual do Jaraguá

Nenhum comentário:

Postar um comentário